1.6.10




O silêncio da árvore.
Ouço o grito da cigarra
no bico do sanhaço.

José Carlos Brandão



Nenhum comentário: