14.4.10




sem sono
vigio a lua:
cão sem dono

Paulo J. Miskalo

Nenhum comentário: