3.4.10




Chuvas de verão –
Certa noite, em segredo,
a lua entre os pinheiros.

Ôshima Ryôta

Nenhum comentário: