23.3.10




Devagar devagar,
a folha sem escolha,
vaga pelo ar.

Basho

Nenhum comentário: