24.1.10




Quietude —
O canto das cigarras
Penetra nas rochas.

Bashô

Nenhum comentário: