24.1.10




Olhe para o cuco
Que só canta, canta e voa —
Que vida ocupada!

Bashô

Nenhum comentário: