24.1.10




Mesmo em Quioto,
Saudade de Quioto —
O canto do cuco ...

Bashô

Nenhum comentário: