31.8.09



nuvem que passa,
o sol dorme um pouco –
a sombra descansa

Carlos Seabra