28.8.09



Bebendo o chá da manhã
o monge está tão quieto
quanto o crisântemo.

Bashô