15.4.09



neste caminho
ladeado de árvores mortas -
tanta gente apressada.

David Rodrigues