13.3.09



Este caminho!
sem ninguém nele,
escuridão de outono.

Matsuo Bashô