16.3.16


Paz. Forte em ruínas,
E na boca de um canhão
Um ninho de pássaros.

Luís Antônio Pimentel






Pelas mãos do vento
Deus colhe flores no campo.
Que festa há no céu?
Primo Vieira






24.12.11

Feliz Natal!




o brilho da estrela
sobre o pequeno presépio –
vem aí o Menino

José Marins

19.12.11



Mesa do café
A toalhinha bem no centro
Lembrança da vovó

João Toloi 



15.12.11


brisa da manhã -
curva-se até o chão
o bambu humilde...

Luiz Gustavo

 




O portão aberto. . .
Lá no fundo do quintal
O céu azul profundo


João Toloi


(muito obrigada por este haicai-presente, João)